Kelzy Ecard

Mora em Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO, BRASIL

Amigos ver todos

Esse artista ainda não possui círculos.
  • NOME ARTÍSTICO

    Kelzy Ecard

  • PROFISSÃO

    Atriz

  • IDADE

    54 anos

Viveu, recentemente, Nice Câmara em "Segundo Sol" na TV Globo e, após o sucesso da novela, Kelzy foi contratada pela emissora.

Formada pela Escola de Teatro Martins Pena, Kelzy Ecard em 2017 estreou os espetáculos Tom na Fazenda, de Michel Marc Bouchard, com direção de Rodrigo Portella. Tom teve 5 indicações para o Prêmio Shell, 7 para o Prêmio Cesgranrio, 10 para o Prêmio Botequim Cultural e 17 para o Prêmio Cenym (os dois últimos incluindo uma premiação de Melhor Atriz em papel coadjuvante para Kelzy Ecard) e 8 indicações ao Premio Aptr (incluindo a de melhor atriz coadjuvante); e Fauna, de Romina Paula, com direção de Marcelo Grabowsky e Erika Mader (onde também foi indicada ao Prêmio Cenym de Melhor Atriz em papel coadjuvante). Em 2016/17 participou da Ocupação Rio Diversidade, no Castelinho do Flamengo com a cena Como Deixar de Ser, de Daniela Pereira de Carvalho e direção de Renato Carrera. Em 2015 estreou “Por Amor ao Mundo – Um Encontro com Hannah Arendt”, de Marcia Zanelatto, direção de Isaac Bernat, no CCBB Rio. Em 2014 esteve em cartaz com Desalinho, de Marcia Zanelatto, direção de Isaac Bernat, e Incêndios, de Wadji Mouwaad, com direção de Aderbal Freire-Filho - trabalho que rendeu a ela o Premio CENYM e o Prêmio APTR de Melhor Atriz em Papel Coadjuvante 2013, mesmo prêmio recebido em 2007 pelo espetáculo Rasga Coração, de Odvaldo Vianna Filho, com direção de Dudu Sandroni; foi indicada ao Prêmio Shell de Melhor Atriz de 2012, Prêmio Quem e Prêmio Questão de Crítica (melhor elenco, junto com Andreia Horta) pelo espetáculo “Breu”, de Pedro Brício, com direção de Miwa Yanagizawa e Maria Silvia Siqueira Campos.

Outros trabalhos: “Um Violinista no Telhado”, com direção de Charles Möeller e Cláudio Botelho, “Agonia do Rei”, de Eugene Ionesco, com direção de Dudu Sandroni; "Meu Caro Amigo", de Felipe Barenco, com direção de Joana Lebreiro; “Gota D’água”, de Chico Buarque e Paulo Pontes, direção de João Fonseca; “Sapatinhos Vermelhos”, de Caio Fernando Abreu, com direção de Camilla Amado; “A Confissão de Leontina”, de Lygia Fagundes Telles, direção de Antônio Guedes.

Em cinema, participou dos curtas “Lápis de Cor”, de Alice Gomes e “O Casamento de Mário e Fia”, de Paulo Halm; além de uma participação no longa “Flores Raras”, de Bruno Barreto é “Operações Especiais", de Tomás Portella. Ainda em fase de finalização, fez o filme “Maria do Caritó “, de Newton Moreno, com direção de João Paulo Jabur, no papel de Fininha.

Em 1997 foi indicada ao Prêmio Mambembe de Melhor Atriz de Teatro Infantil por sua atuação em “Rapunzel” (adaptação e direção de Leonardo Simões).

Trabalhou como cenógrafa assistente em algumas produções da Rede Globo e em teatro para o cenógrafo português José Manuel Castanheira nas peças “A Prova e “Casa de Boneca, ambas dirigidas por Aderbal Freire-Filho

E-MAIL

contato@amcompany.com.br

AM Company

NOME DO AGENTE

AM Company

TELEFONE

(21) 2433-4021 (Fixo)

EMAIL

contato@amcompany.com.br

  • Funções

    Ator